O despertar!

Rangel Oliveira      terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Compartilhe esta página com seus amigos

 

 

“Um fato marcou a minha vida para sempre: Eu nasci!... Outro fato irá selar a minha vida… Então, o mundo já não existirá para mim.”

Luiz Colares

 

 

Dia desses, por conta do frio que estava fazendo na cidade de São Paulo, eu postei no meu face a seguinte mensagem: “Tá frio né? Que bom que você está sentindo frio. Há pessoas que estão geladas e não estão sentindo nada.”

 

 

Certamente você já compreendeu a minha comparação, mas não custa reafirmar que eu me referia à pessoas, cuja temperatura do corpo está gelada porque estão mortas.

 

 

E se estão mortas, logo nada podem sentir. E por isso não sentiam nada. Nem mesmo o frio que nós, os vivos tínhamos o privilégio de sentir.

 

 

Foi nesse sentido que eu dizia: “que bom que estamos sentindo frio”. E que bom que podemos sentir calor, e dor, e alegria e tristeza, enfim. Resumindo, que bom que podemos sentir as emoções, porque isso mostra uma coisa: Estamos vivos!

 

 

Faz lembrar a letra da canção do Arnaldo Antunes com a Alice Ruiz, que fiz questão de colocar abaixo:

 

 

 

Socorro

Arnaldo Antunes / Alice Ruiz

 

Socorro

Não estou sentindo nada

Nem medo, nem calor, nem fogo

Não vai dar mais pra chorar

Nem pra rir

 
 

Socorro

Alguma alma, mesmo que penada

Me empreste suas penas

Já não sinto amor, nem dor

Já não sinto nada

 
 

Socorro, alguém me dê um coração

Que esse já não bate nem apanha

Por favor!

Uma emoção pequena, qualquer coisa!

 

Qualquer coisa que se sinta

Tem tantos sentimentos

Deve ter algum que sirva

 

 

Socorro

Alguma rua que me dê sentido

Em qualquer cruzamento

Acostamento, encruzilhada

 
 

Socorro

Não estou sentindo nada (nada, nada)

Nem medo, nem calor, nem fogo

Nem vontade de chorar

Nem de rir

 

 

Socorro

Alguma alma mesmo que penada

Me empreste suas penas

Eu Já não sinto amor, nem dor

Já não sinto nada

 

 

Socorro, alguém me dê um coração

Que esse já não bate nem apanha

Por favor!

Uma emoção pequena, qualquer coisa!

 
 

Qualquer coisa que se sinta

Tem tantos sentimentos

Deve ter algum que sirva

Qualquer coisa que se sinta

Tem tantos sentimentos

Deve ter algum que sirva

 

 

 

Gosto dessa canção porque acho que pedir socorro é a atitude mais legítima de quem percebe que a vida está lhe escapando às mãos. Daquele que percebe que já não está mais sentindo alguma coisa, alguma emoção que lhe diga que ainda há um pouco de vida.

 

 

Por isso o título desse primeiro capítulo é: O DESPERTAR! Para que você saia da inércia e de uma vida sem sentido e sem sabor para uma vida com propósito, com sentido e significado. Por isso, gostaria de antes de qualquer coisa, chamar a sua atenção para esse fato: VOCÊ ESTÁ VIVO!

 

 

Tal como diz a poesia do Luiz Colares que eu fiz questão de expor acima: “Um fato marcou a minha vida para sempre: Eu nasci!”

 

 

Você nasceu. Está vivo! Você sente em seu corpo exatamente nesse momento, todo o turbilhonar de suas emoções, sentimentos e sensações.

 

 

Você sente o frio, o calor, a dor, a alegria, a tristeza, o amor, a paixão, a saudade, enfim.... Você está vivo! Você faz parte dos sete bilhões de habitantes no mundo inteiro.

 

 

E mesmo fazendo parte de toda essa população, você é único. Você é exclusivo! Não tem ninguém com a mesma impressão digital que a sua e não tem ninguém com a sua arcada dentária. Será que você não entende? Isso é uma mensagem do Universo para você.

 

 

Uma carta aberta do Criador te dizendo que Ele te deu Vida e que você é único! Desperta pois para isso!

 
 

Pois enquanto você não despertar para o fato de que você nasceu e se perceber vivo, nenhuma mudança significativa e verdadeira será possível.

 
 

Portanto, o que eu te pergunto diante desse fato é: Se você está vivo e assim se percebe, o que pois, você quer fazer da sua vida?

 

Como você deseja marcá-la? De que maneira quer escrever a sua história e marcar a sua existência?

 

Comentários


Coach Rangel Oliveira


Apaixonado desde muito cedo por Desenvolvimento Pessoal e pela Vida, Rangel Oliveira atua como Coach e Palestrante, cuja missão é auxiliar as pessoas na busca por uma Vida com mais Propósito. Graduado em História pela UNIFAI. Possui formação em Life Coaching pela Academia Brasileira de Coaching, em Professional Coaching Practitioner pela Abracoaching. Com especialização em LifeStyle Desingn Coaching.


Assista GRÁTIS uma aula com o tema:

"Como Encontrar a Sua Vocação

em 3 Passos"

Duas aulas grátis